Cooperação ou Competição? Eis a questão!
março 14, 2019
Como o coworking está revolucionando o trabalho?
março 29, 2019

O poder extraordinário do trabalho colaborativo para fortalecer a inteligência emocional e a mindset de empresas e indivíduos

Saiba porque e como melhorar o processo colaborativo na sua realidade. Fortalecendo as conexões sejam idividuais ou como esmpresa.

Você já deve ter ouvido falar em palavras como economia colaborativa, inteligência coletiva,  crowdsourcing e crowdfunding, certo? Todos esses conceitos estão associados a um mesmo fenômeno: a colaboração.

Na prática, a maioria de nós tem pouco conhecimento sobre o que é trabalho colaborativo, mas nós fazemos parte de um mundo em que podemos visualizar claramente o poder da colaboração e quanto melhor aprendermos a colaborar, mais bem-sucedido seremos.

 

Porque colaborar

Segundo Vince Lombardi, um dos mais bem-sucedidos técnicos de futebol americano de todos os tempos, o “compromisso individual com um esforço de grupo – é o que faz uma equipe funcionar, o trabalho de uma empresa, o trabalho de uma sociedade, e de uma civilização funcionar”.

Esse é uma verdade incontestável: pessoas juntas conseguem alcançar coisas que as pessoas sozinhas não conseguem. O poder está na força da coletividade.

A capacidade de colaboração é requisito fundamental para uma vida de realizações. Colocar projetos em prática e alcançar objetivos pode se tornar algo impossível quando se age sozinho.

Nós podemos fazer muita coisa sozinhos, porém, sucesso consistente e duradouro requer boas doses de colaboração.

 

Pessoas e causas que se beneficiam da força da colaboração

 

Muitas pessoas, grupos e projetos têm utilizado técnicas colaborativas para abordar e resolver problemas de forma mais rápida, barata e criativa, por exemplo:

Pessoas comuns e projetos sociais – Um dos exemplos mais famosos e bem-sucedidos de trabalho colaborativo criado por uma inciativa social é a Wikipédia. Segunda a definição do próprio site “a Wikipédia é um projeto de enciclopédia colaborativa, universal e multilíngue estabelecido na internet sob o princípio wiki. Tem como propósito fornecer um conteúdo livre, objetivo e verificável​​, que todos possam editar e melhorar”. O ceticismo que iniciativas como o Wikipédia geravam no início se tornou admiração e esse tipo de colaboração, conhecida como crowdsourcing, tem se tornado incrivelmente comum.

Projetos de pequena escala que começam com a ação individual e buscam recursos da comunidade também se beneficiam da colaboração. Um bom exemplo disso é a ação dos protetores independentes de animais que agem de forma individual e autônoma, mas contam com o auxílio da comunidade através de redes de comunicação online para manterem seu trabalho através do crowdfunding, ou seja, o financiamento coletivo.

 

Empresas – Podemos observar que o grupo de membros de uma empresa é muitas vezes chamado de colaboradores e isso acontece por que colaborar significa trabalhar com uma ou mais pessoas em um projeto ou empreendimento para alcançar um objetivo comum. E uma empresa existe basicamente com o mesmo propósito. Ou seja, fazer parte de uma empresa já é um ato de colaboração.

Mas empresas também têm tirado proveito da colaboração com pessoas de fora. O uso de fontes externas de inovação, como clientes, defensores da marca, e até competidores é definido como inovação aberta. Um bom número de corporações usa atividades de inovação aberta para coletar ideias brilhantes para seus negócios.

A colaboração, portanto, pode ir além do tradicional trabalho em equipe.

Esse processo diz respeito a atitude e ao modo como um grupo de pessoas contribui para um objetivo comum.

Muitas das técnicas de colaboração dependem e utilizam as ferramentas digitais de comunicação para promover o “encontro” e aproximar um grupo de indivíduos que, muitas vezes, estão separados pela distância geográfica em torno de um objetivo comum. Mas o trabalho colaborativo também é um modo de atuação, um tipo de cultura que pode ser desenvolvido dentro das empresas e organizações. Esse processo implica, portanto, em um modo de pensar e agir e, por isso, existem metodologias de colaboração adequadas para cada tipo de objetivo.

 

Consequências do trabalho colaborativo para empresas

A colaboração bem-sucedida é centrada em três aspectos principais: culturaprocesso e ferramentas.

 

Agora mais do que nunca a filosofia da colaboração tem sido absorvida pela cultura de muitas organizações. Ela deve, em alguma medida, ser parte integrante do DNA de todas as empresas que querem sobreviver e prosperar.

Os três principais benefícios de se promover a colaboração para empresas e projetos são três:

– Aumento da produtividade – em um estudo de 2018 da BusinessWeek, 82% dos profissionais relataram que precisavam fazer parceria com os outros durante todo o dia para realizar seus trabalhos. Utilizar técnicas e ferramentas de colaboração, portanto, facilita o aumento da produtividade.

 

– Aumento da criatividade – colaboração é uma forma eficaz de aumentar a criatividade. Membros da equipe motivam uns aos outros a pensar em maneiras diferentes, assim, fazendo o time chegar onde nenhum indivíduo poderia ter chegado sozinho. Equipes multidisciplinares são fundamentais para determinados projetos.

 

– Aumento da inovação – as empresas que praticam a colaboração são as empresas que rompem . Elas estão criando o caminho para um futuro que nenhum de nós pode prever.

 

– Promove e fortalece uma mindset de crescimento – ambientes em que o trabalho em grupo é mais valorizado e recompensado do que a genialidade individual reduz o nível de competição e promove a confiança dos indivíduos em seus colegas e superiores, assim, promovendo uma mindset organizacional de crescimento.

 

No entanto, a colaboração não significa necessariamente que todo mundo esteja fazendo a mesma coisa ao mesmo tempo e no mesmo lugar.

As empresas, As vezes, podem saturar suas equipes com o trabalho colaborativo. Os trabalhadores são atolados com uma série infinita de reuniões, e-mail, telefonemas e outras formas de comunicação online. Então, colaboração é uma técnica que precisa ser bem administrada, caso contrário, pode gerar distração.

 

 

Formas de promover a colaboração: ferramentas, técnicas e métodos

Existem várias ferramentas, técnicas e métodos que podem ajudar na prática do trabalho colaborativo. Eis algumas:

– Reuniões – a mais tradicional e conhecida forma de colaboração são as reuniões. O contato “face-a-face” é muito importante para o desenvolvimento da colaboração. Isso porque, essa aproximação mais “humana” ajuda os indivíduos a entender os membros da equipe e contribuir com eles. As reuniões podem acontecer de forma presencial ou virtual.

 

– Ambientes compartilhados dentro e fora de empresas (espaços abertos e coworking) – Essa é uma tendência que tem se tornado cada vez mais popular dentro e fora das empresas e que tem apresentado ótimos resultados. Não se trata de espaços subdivididos, mas, sim, de ambientes realmente integrados onde os indivíduos possam interagir e trabalhar.

 

– Ferramentas digitais de comunicação e gestão de projetos – atualmente existem várias plataformas que tornam o trabalho colaborativo mais fácil e prático, como, por exemplo, o Google DocsSlackTrello. Esses softwares visam justamente permitir que os colaboradores compartilhem suas ideias de maneira mais prática, mesmo longe um do outro.

Essas são apenas algumas formas de incentivar o trabalho colaborativo.


Fonte: Beatriz Rustiguel da Silva

Professora, formada em comunicação social, especialista em Métodos e Técnicas de ensino e autora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *